sábado, 25 de agosto de 2012

Conhecendo os autores III - Friedrich Engels e Milton Santos


O prussiano Friedrich Engels (1820-1895) é mais conhecido pela parceria com Karl Marx na redação do Manifesto do Partido Comunista (1848). No entanto, deixou extensa bibliografia, de grande valia para os estudos geográficos. A seguir, mais sobre a obra do filósofo:


"A grande indústria, pelo fato de ter criado o mercado mundial, levou todos os povos da Terra (...) a uma tal ligação uns com os outros que cada povo está dependente daquilo que acontece a outro. Além disso, em todos os países civilizados ela igualou de tal maneira o desenvolvimento social, que em todos esses países a burguesia e o proletariado se tornaram as duas classes decisivas da sociedade e a luta entre elas a luta principal dos nossos dias. A revolução comunista não será, portanto, uma revolução simplesmente nacional; será uma revolução que se realizará simultaneamente em todos os países civilizados".
Engels em "Princípios Básicos do Comunismo", texto bastante didático escrito em 1847.

***


Já Milton Almeida dos Santos (1926-2001), baiano da região da Chapada Diamantina, foi o único brasileiro agraciado com o Vautrin Lud, maior premiação internacional em Geografia. Publicou mais de 50 livros durante sua longa trajetória, que contou ainda com períodos de estadia na África, na Europa e em outros países da América. Saiba mais:


"Os geógrafos, ao lado de outros cientistas sociais, devem se preparar para colocar os fundamentos de um espaço verdadeiramente humano, um espaço que una os homens por e para seu trabalho, mas não para em seguida os separar entre classes, entre exploradores e explorados; um espaço matéria inerte trabalhado pelo homem, mas não para se voltar contra ele; um espaço, natureza social aberta à contemplação direta dos seres humanos, e não um artifício; um espaço instrumento de reprodução da vida, e não uma mercadoria trabalhada por uma outra mercadoria, o homem artificializado".
Santos no último parágrafo de "Por uma Geografia Nova: da Crítica da Geografia a uma Geografia Crítica", publicado pela primeira vez em 1978.

Nenhum comentário:

Postar um comentário